Uncategorized

O mundo maravilhoso da Econometria e as grades curriculares que não ajudam…

Não é por nada não, mas depois que comecei com o R, minha vida teve uma segunda reviravolta econométrica (a primeira foi na graduação). Curioso que, desta vez, tudo começou com a vontade de aprender a fazer estimações com mais controle sobre o que fazia (e, claro, com algumas ferramentas mais novas ou melhor apresentadas, visualmente falando).

Hoje experimentei um pouco mais de robustez para uns modelos e gostei do que vi. Por outro lado, fico pensando em quanto os alunos perdem quando seu curso não tem mais do que um curso de Econometria obrigatório. A formação de um aluno de graduação não precisa ser tão pobre a ponto de deixá-lo à deriva no mercado de trabalho.

Sei que há várias sugestões diferentes de grades curriculares. Eu participei da formatação de algumas ao longo da minha vida e posso dizer que, no mínimo, um bom curso deveria ter três cursos de Econometria (com pelo menos dois prévios de Estatística).

No mundo de hoje, eu incluiria um curso básico de programação (linguagem de programação), mas não com o foco na beleza abstrata da linguagem. Que seja um curso de Python, R ou Matlab (ou um pouco de cada). Não tive este privilégio na graduação e sei o preço que pago até hoje.

Pode-se discutir como seria esta grade, mas acho que não dá para negar o fato: há pouca econometria na graduação brasileira nos dias de hoje e isso não é uma questão ideológica. Trata-se do básico para começar a trabalhar com dados.

Bom, eu pretendia fazer um Momento R do Dia, mas os devaneios me levaram para outras terras…

Um comentário em “O mundo maravilhoso da Econometria e as grades curriculares que não ajudam…

  1. Sou graduado em administração, mas como entusiasta de economia (e irmão de dois acadêmicos da área) posso afirmar que, de modo geral, falta apreço por métodos quantitativos na maioria das nossas faculdades de Ciências Sociais Aplicadas (ou o termo equivalente). Penso ser, também, por comodismo dos próprios professores que elaboram as grades dos cursos: Como deve ser desagradável dar aulas de estatística a quem nem sabe dividir!
    Enfim, excelente colocação, Cláudio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s