Uncategorized

Alguns pequenos textos no outro blog

Lá no meu projeto “Nepom”, dois recentes posts que esclarecem aos alunos o lado divertido da economia (se é que algum há): o relatório do FMI e o artigo clássico do Ray Fair, o mesmo do super modelo macroeconométrico da era das equações simultâneas…

Anúncios
Uncategorized

Quem veio primeiro: o orientador ou orientando?

Boa pergunta. É similar àquela de quem veio primeiro: o ovo ou a galinha que eu, Erik e Ari estudamos, para o Brasil, aqui. Ah sim, alguém fez um exercício mais completo (usarei, um dia destes, em minhas aulas, reproduzindo o clássico, aqui).

Agora, claro, vai lá buscar a base de dados de orientadores e orientandos para a gente se divertir. ^_^

Uncategorized

Inflação e crescimento econômico: o quão ruim é a relação?

Reexamining the link between instability and growth in Latin America: A dynamic panel data estimation using k-median clusters

Cecilia Bermudez, Carlos Dabus, Germán Héctor González

Cuadernos de Economia – Latin American Journal of Economics 05/2015; 52(1):1-23.

ABSTRACT We estimate a dynamic panel data model to assess the relationship between different levels of instability—proxied by growth volatility and inflation— and growth in Latin America from 1960 to 2011. Outlying observations could be mistakenly treated as thresholds or regime switch. Hence we use k-median clustering to mitigate the outlier problem and properly identify “scenarios” of instability. Our key findings are that while high inflation is harmful, low inflation is in fact positively related to growth. Volatility is also found to be significant and negative, but with no differential effect— between low and high levels—on growth.

Note o final do artigo: inflação baixa com crescimento econômico. A despeito de ser estranho, caso o achado seja robusto a diferentes métodos de investigação, ele nos fornece uma explicação simples para o caso de amor de alguns pterodoxos com a inflação: eles acham que um pouco de febre é sempre bom para o doente. Quer dizer, eles acham que um pouco de inflação é sempre bom para a economia.

O quão ruim é? Confira na tabela 3 do artigo deles para uma idéia inicial, antes das estimações do artigo.

acoisatafeia

O artigo não é tão grande assim, mas a parte econométrica vai assustar os alunos menos familiarizados com o tema. Nada que um pouco de paciência e persistência não resolvam, claro.