Uncategorized

“42!” ou “Quando os camundongos mostraram que a lei de demanda existia fora do universo humano”

O artigo de Hirsh e Silberberg (Hursh & Silberberg (2008)) é uma prova cabal de que Douglas Adams tinha razão: os camundongos são tão (ou mais) inteligentes do que os seres humanos. Há quem diga que alguns deles já ganharam bolsa no vestibular da faculdade por desempenho.

É, parte do que eu disse é brincadeira, mas parte não. Veja o resumo do texto.

The strength of a rat’s eating reflex correlates with hunger level when strength is measured by the response frequency that precedes eating (B. F. Skinner, 1932a, 1932b). On the basis of this finding, Skinner argued response frequency could index reflex strength. Subsequent work documented difficulties with this notion because responding was affected not only by the strengthening properties of the reinforcer but also by the rate-shaping effects of the schedule. This article obviates this problem by measuring strength via methods from behavioral economics. This approach uses demand curves to map how reinforcer consumption changes with changes in the “price” different ratio schedules impose. An exponential equation is used to model these demand curves. The value of this exponential’s rate constant is used to scale the strength or essential valueof a reinforcer, independent of the scalar dimensions of the reinforcer. Essential value determines the consumption level to be expected at particular prices and the response level that will occur to support that consumption. This approach permits comparing reinforcers that differ in kind, contributing toward the goal of scaling reinforcer value.

Em outras palavras, enquanto você fica aí, com preguiça, babando em cima do livro, os camundongos estão nos mostrando que a lei de demanda funciona. Olha, eu sinto muito pelos marxistas que atrasaram a genética soviética por décadas, mas se há alguma lei econômica na natureza, esta é a lei de demanda. Sim, esta mesma, neoclássica, que seu “professor” disse ser uma reles construção burguesa.

Cuidado. Daqui a pouco quem vai estar na ratoeira será você. ^_^

Vai uma bolacha aí, véi? Eu já terminei a prova.

Um comentário em ““42!” ou “Quando os camundongos mostraram que a lei de demanda existia fora do universo humano”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s