Uncategorized

Mais Bolsa-Família e Votos: o que nos mostram as correlações? (um debate sem fim)

Hoje, mais cedo, comecei a olhar para os dados do Bolsa-Família e Votos no 1o turno nos três candidatos (cortesia do Carlos Cinelli). Em seu ótimo post, ele concluiu:

(…) será que a correlação se mantém dentro de cada UF? Por exemplo, Aécio ganhou em SP, SC e MT. Nesses estados, também houve correlação negativa do BF para o candidato tucano?

Aparentemente, sim, conforme pode ser visto no gráfico abaixo. E a separação por estado também indica que a correlação do BF com votos para Marina foi negativa em grande parte das UF’s. Um estado que chama a atenção é Minas Gerais, em que estas relações se parecem bem acentuadas.

Resolvi olhar melhor a dispersão dos dados, mesmo sem dividir por estados. Entretanto, vou usar estes diagramas de dispersão que nos fornecem uma informação adicional que é a concentração de pontos na dispersão.

A seguir, os gráficos para Marina, Dilma e Aécio, respectivamente.

marinabfvotos

 

 

dilmabfvotosaeciobfvotos

Só eu suspeito que existe um padrão interessante no caso do diagrama de dispersão do candidato Aécio Neves e no de Rousseff? Parecem duas distribuições bimodais? No caso do Aécio Neves, parece mais ainda do que no caso de Rousseff? Dá esta impressão, mas falo apenas por um simples exercício de eyeballmetrics.

Mais interessante é que, no caso de Marina Silva, não parece haver qualquer conexão clara entre bolsa-família e votos, no agregado. O que será que estamos observando aí nestes gráficos? Palpites?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s