Uncategorized

Momento R do Dia – Gráficos (e Abenomics)

Fazia tempo que eu não falava da Abenomics aqui. Então, vou aproveitar para explorar alguns aspectos não-econômicos do tema. Ou seja, vamos falar um pouco da estética de apresentação de gráficos usando o R.

Primeiro, após ler este texto, eu pensei: por que não fazer um gráfico visualmente mais informativo e atraente para meus posts sobre a economia japonesa? Então, eu usei o método learning-by-doing (claro, com several mistakes) e cheguei a estas linhas de comando.

base <- read.table(file = "clipboard", sep = "\t", header=TRUE)
library(zoo)
Consumer<-ts(base$Consumer.Confidence.Index, start=c(2004,3),freq=12)
head(Consumer)
jp<-data.frame(time=index(Consumer), Co = Consumer)
library(ggplot2)
require(extrafont)
opts=theme(
  panel.background = element_rect(fill="darkolivegreen1"),
  panel.border = element_rect(colour="black", fill=NA),
  axis.line = element_line(size = 0.5, colour = "black"),
  axis.ticks = element_line(colour="black"),
  panel.grid.major = element_line(colour="white", linetype = 1),
  panel.grid.minor = element_blank(),
  axis.text.y = element_text(colour="black"),
  axis.text.x = element_text(colour="black"),
  text = element_text(size=14, family="xkcd"),
  legend.key = element_blank(),
  legend.position = c(.2,.75),
  legend.background = element_blank(),
  plot.title = element_text(size = 20)
)
ggplot(jp, mapping=aes(x=jp$time, y=jp$Co))+
   geom_line(color="green", size=1.5) +
  ggtitle("Indice de Confiança do Consumidor -com ajustamento sazonal") +
  xlab("meses") + ylab("Indice de Confianca do Consumidor") +
  geom_text(aes(max(jp$time), max(max(jp$Co)), hjust=1.2, family="xkcd", label="Leve recuperacao"), size=8)+
geom_hline(yintercept=45, linetype=2, size=1)+
scale_y_continuous(breaks=seq(0, max(max(jp$Co))+10, 10))+
  scale_x_continuous(breaks=seq(0, max(jp$time), 1))+
  opts

A primeira parte do comando apenas importa os dados e constrói a matriz com duas colunas: o índice de tempo e a série de dados em si. Isto porque quero explorar o ggplot2, não apenas fazer um gráfico. Em seguida, preparamos alguns elementos opcionais do gráfico (título, borda,fonte das letras, tamanho, etc). Além disso, eu resolvi estabelecer, arbitrariamente, uma linha de confiança no nível “45” do gráfico, apenas para ter uma referência. Também resolvi ver como ficaria a inclusão de um pequeno texto no gráfico chamando a atenção para a “leve recuperação” que, parece, ocorre no final do gráfico. Veja o resultado.

abenomics_junho

 

Não está tão bonito quanto o gráfico dos três porquinhos (veja o link indicado!), mas ficou mais bonito do que o gráfico da fonte de dados. Obviamente, faltam elementos no gráfico para que ele fique mais informativo, completo (como as notas de rodapé e tal), mas tudo depende do público-alvo e do tipo de meio de comunicação que você usa. Por exemplo, ninguém se queixa muito de um gráfico simples como o que aparece nesta aula rápida da McCloskey. Em algumas ocasiões, a gente só precisa de um gráfico simples porque podemos comentá-lo em uma aula ao vivo ou gravada.

Bom, é isto. Espero que tenha gostado. Eu, particularmente, gostei da visualização acima. Pode não ser tão útil para artigos em periódicos, com as normas da ABNT, etc, mas é muito simpático no que diz respeito a discussões online. Caso eu tenha tempo, aproveitarei para fazer algo similar com o PIB japonês aqui. Quem sabe não volto à discussão da Abenomics com uns gráficos mais simpáticos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s