Uncategorized

Ciclos econômicos, Keynes, Hayek

Eis um resumo (os artigos do Vox são sempre resumos de pequisas) de um trabalho em que os autores tentam ver aspectos hayekianos e keynesianos em ciclos econômicos, de forma integrada. Aparentemente, os autores encontram evidências de que Hayek e Keynes podem estar, ambos, corretos.

Para entender como isto ocorre, você precisa abandonar o discurso juvenil de que “quem lê Keynes precisa ser exorcizado” ou “não preciso ler Keynes, está tudo claro lá no Ação Humana” ou “se você não leu Keynes, não entendeu nada” e variantes que são difundidas por aí pelo pessoal que não quer incentivar o pensamento, mas sim a adesão a uma causa.

Obviamente, mesmo abrindo mão de seus preconceitos, é preciso manter o espírito cético e crítico, que caracteriza a análise científica – e não adianta sentar e fazer birra dizendo que “Economia não é Ciência” – dos fatos econômicos. Em outras palavras, é preciso ler criticamente o argumento dos autores, considerando tanto problemas de consistência teórica quanto seus aspectos empíricos.

O que restar disto aí, se você avançou, é uma posição nova na qual você não cai mais na conversa açucarada dos doutrinadores, mas também não enxerga a realidade de forma confusa. Encarar a complexidade de frente é um exercício que jamais deve ser esquecido pelo bom pesquisador, por pior que a realidade possa parecer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s