Uncategorized

Confiança? Melhorou, piorou…e daí?

Ao invés de falar de Abenomics, que tal falarmos de Obanomics? Além disso, ao invés de eu falar, deixemos o povo falar, por meio do Gallup.

A pergunta, então, é: será que agora vai, Obama? Ok, você quer saber sobre o que está falando, para começar. Então, dê uma lida em como é medida esta série.

Alerta! Perigo! Perigo!

Leamer (2010), em uma crítica aos famosos índices de confiança do consumidor (enquanto variáveis úteis para se prever ciclos econômicos), tem um alerta tão simples quanto importante sobre isto. Tão simples e bem explicado que vou citar:

There’s a very good reason why these surveys are not very useful. It is not how you feel that matters, or what you say about how you feel. It’s what you do. If you feel great and you shop, that’s good news for the economy. If you feel lousy and you shop, that’s good news too.(Leamer, E. Macroeconomic Patterns and Stories – A Guide for MBAs, Springer, 2010, p.205-6).

Muito simples e óbvio, não? Este livro foi uma dica do meu amigo Sérgio Guerra, um professor de Economia que adora estes temas de conjuntura. Durante um tempo, ele ajudou muito o pessoal do Nepom.

2 comentários em “Confiança? Melhorou, piorou…e daí?

  1. Acho que a confianca pode ser uma boa proxy para o que voce realmente faz: se esta mais confiante, a probabilidade de comprar mais e’ maior, creio. Se existe essa monotonicidade mesmo, acho que a variavel pode ser util….

    Agora, se o que falei e’ certo ou errado, e’ uma questao empirica neh?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s