Uncategorized

Primavera Venezuelana

Honestamente, é difícil ter paciência com gente que acha bonito um político que tem acesso às listas de votação e usa isto em proveito próprio não pode ser alvo de admiração de um ou outro estadista. Este alguém foi Chávez (leia este artigo, pelo menos o resumo, para ver como se mede o preço da oposição sob um regime autoritário).

A ele se sucedeu um tal Maduro, que fez questão de dizer em rede de TV nacional que havia visto o falecido candidato a ditador, Chávez, em um muro e, depois, em um passarinho. Uma piada pronta, eu sei, embora nossa diplomacia pareça achar isto tudo muito normal. Bem, até aí, nenhum problema.

Mas no momento seguinte, o senhor Maduro se candidata a ser mais um daqueles que cometem democídio no mundo. Não, aí não é mais tudo bem. Você pode até falar que seu chefe do Banco do Brasil é do PT e, suponha, o PT censura quem fala contra Maduro. Eu aceito este argumento, embora lamente muito que você esteja sujeito a uma mordaça. Pior para você. claro.

Agora, novamente, o que é curioso nesta história toda é a tentativa de Maduro em lutar contra a realidade: a inflação venezuelana é um fato e o modelo redistributivista (este, em que uma espécie de “bolsa-família” vira um subsídio grego enquanto durar o patamar favorável do preço do petróleo) está falido. Já fizeram de tudo: expulsar o capital estrangeiro e lhe tomar os ativos, xingar o Bush, o Obama, etc. Querem congelar preços e calar a imprensa que lhe faz oposição. Resultado? A Venezuela caminha para os piores lugares em todos os indicadores sócio-econômicos que existem.

A Economia Política desta história toda me diz que esta história não terá final feliz. Infelizmente. Mas engraçado mesmo é que nossa imprensa resiste bravamente a chamar isto tudo de uma legítima primavera venezuelana. Para o bem ou para o mal, isto me lembra muito a Primavera de Praga (compare a Wikipedia em língua portuguesa e a inglesa para ver se há viés, se há conteúdo melhor, etc).

Um comentário em “Primavera Venezuelana

  1. Acontece que na Venezuela a oposição não parece ter intenção amis ou menos nobres que a situação. É um país dividido em dois e sem perspectiva de conciliação política.

    Parece mais fácil ver a Síria em paz do que a Venezuela democrática.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s