Uncategorized

Saudades do meu sushi

Você se lembra de nosso e-book sobre o sushi? Quem vem de antes do Facebook, provavelmente se lembra deste nosso empreendimento. Quem é mais novo, bem, pode dar uma olhada nele e, claro, comentários são bem-vindos.

2 comentários em “Saudades do meu sushi

  1. Acompanho seu site a mais de um ano e essa é a primeira vez que vou participar de uma discussão, por isso, se (eu) falar alguma bobagem desconsidere.
    O caso do rodizio de sushi é muito interessante, baxei o arquivo e li todos os textos, e por fim tenho uma opinião um pouco diferente sobre a multa do rodizio de sushi.

    Vamos lá
    A multa não existe apenas para evitar o desperdício de sushi, ela existe de fato por um problema de oferta.
    Muito se falou sobre a diferença entre um rodizio comum de carnes e de sushi, mas a produção de cada um foi pouco observada.
    No rodizio de carnes a quantidade de comida ofertada vai variando com a quantidade de clientes (óbvio), só que para o rodizio de carnes controlar isso é muito mais simples que do sushi. A produção do rodizio depende apenas do churrasqueiro por a carne na brasa, assim o limite de produção do rodizio vai depender, basicamente, do tamanho da churrasqueira. (claro vai depender também do calor da churrasqueira, da habilidade do churrasqueiro, do tempo de preparo de cada carne… mas vamos simplificar)
    Já a oferta de sushi é muito mais inelástica, um sushiman produz, por exemplo, 100 sushis por hora, isso significa que, se o restaurante quiser aumentar a produção, para, por exemplo, 130 sushis hora vai ter de contratar outro sushiman (que é uma mão de obra mais cara do que a do churrasqueiro, diga-se de passagem). Isso significa que o custo marginal de produzir um sushi é muito mais caro do que a da carne.
    Assim o custo do desperdício de sushi custa para o produtor muito mais caro que a da carne.
    A multa então seria a forma de evitar o desperdício produtivo.
    É uma ideia semelhante aos fornecedores Just-In-Time, caso não entreguem a peça em determinado prazo eles recebem uma multa, que geralmente é o tempo que eles pararam a fabrica.

    É isso.
    Forte abraço e continue com o ótimo blog!

  2. Rafael, obrigado pelo comentário e pelo elogio! Não tive, esta semana, muito tempo para pensar no que você disse com mais calma. Mas prometo que tento responder em breve. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s