Uncategorized

Pobreza

Todo professor é pobre (basta ver o que dizem os sindicatos dos professores há mais de 50 anos). Até aí tudo bem. Agora, professor que gosta de estudar pobreza é masoquismo. Nesta categoria disfuncional se encaixam pesquisadores muito bons de serviço deste país selvagem. Alguns deles estão aqui. Quem me indicou isto foi um dos masoquistas, o Erik que, aliás, fez um ótimo manifesto para os supostos pesquisadores brasileiros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s