Menzie Chinn quer brigar

E ele não é qualquer um. A lição para os panfletários é: deixem a tarefa de panfletários para depois. Primeiro, aprendam a analisar os dados.

Anúncios

Cash Transfer Programs

Os austríacos de quermesse vão chorar e xingar, mas o fato é que CTP (ver título acima) funciona. Por outro lado, os keynesianos de quermesse ficarão encucados (ou continuarão encucados, para ser mais exato…).

O fato é que programas deste tipo são eficientes, como diria Milton Friedman, o que não significa que não tenha problemas mas, ei, não existe paraíso na Terra!

Momento R do dia

No pacote car do R, eis três formas diferentes de se fazer a mesma coisa (uma regressão múltipla usando a base de dados Duncan:

 

(lm(prestige ~income + education, data=Duncan))

(lm(Duncan$prestige ~Duncan$income + Duncan$education))

with(Duncan,lm(prestige ~income + education))

 

É, os exemplos são do An R Companion to Applied Regression que, aliás, eu recomendaria como leitura de apoio para todo e qualquer iniciante em Econometria.

Market Monetarism…ainda desconhecido no gigante adormecido

No Brasil-potência, no qual os selvagens se acham no limiar da civilização (talvez em um limiar inferior…), fala-se muito de teorias nonsense de Economia e pouco sobre o que, de fato, importa. Um bom exemplo é a ausência de matérias sobre market monetarism na imprensa nacional.

Você pode aprender um pouco sobre estes pensadores lendo cuidadosamente o texto do Sumner sobre metas para o PIB nominal que está aqui.

UPDATE: veja também este ótimo site.

Os preconceitos, o mercado e a liberdade

Não conheço alguém que não tenha uma amiga feminista que faça careta para a carreira de top models. Sempre há alguma aborrecida pronta a acusar a top model, a miss universo e congêneres de “mulheres submissas ao modelo machista que valoriza a beleza em detrimento do cérebro”.

A liberdade é um conceito muito legal porque, dentre outras, defende o direito de as pessoas se expressarem. Assim, a diversidade de opinião surge e, com a mesma liberdade, alguns modelos/paradigmas sobrevivem à concorrência, não necessariamente gerando a extinção de outros (claro que algumas feministas adorariam proibir certas carreiras, mas aí já não falamos de liberdade…).

Imagine, então, como seria o mundo, se as feministas tivessem conseguido proibir/impor desestímulos legais à carreira de top model. Teriam ajudado a fortalecer o machismo no mundo árabe, mesmo que não fosse esta sua intenção. Eu também não sou fã da carreira de top model, mas também não sou fã de diversas outras coisas e nem por isso acho que carreiras devam ser punidas em alguma espécie de política industrial  que escolha “carreiras vencedoras” em detrimento de outras.

Para a sorte das mulheres da área mais repressora do mundo, existe a possibilidade de mudança via mercado. Anos e anos de dinheiro dos EUA, ONU e outras Ong’s (exóticas ou não) não fizeram por elas o que o mercado fez.

Ainda bem que as boas feministas entendem o conceito de liberdade e sua relação com o mercado.

Jorge Caldeira

O primeiro capítulo do livro do Caldeira de história do Brasil que – após inexplicáveis 500 mil anos – traz o papel do empresário para a análise é ótimo. Incrível como alguns criaram um mito em torno da obra de Caio Prado Jr.

O que é mais facilmente explicável é entender porque os cursos de graduação tentam bloquear o uso deste livro…

Previsões: PIM-PF e IPCA

As previsões da PIM-PF indicam uma queda em Dezembro em relação a Novembro. Já a previsão de Novembro, em termos do índice sem aplicação de métodos de dessazonalização é, no modelo 1: 131.6347; no modelo 2: 132.8105 e, no modelo 3: 131.8360.

Mesmo que esperemos a divulgação do dado de Dezembro (o que só ocorrerá bem depois, já que nem o de Novembro temos ainda), eu apostaria em uma queda relativa a qualquer uma das previsões acima.

E quanto ao IPCA?

Para este, temos, nos três modelos principais, para Dez/2012, nos dois principais modelos, temos: 0.56% em ambos.

Nos modelos-teste ARFIMA e exponencial, respectivamente, temos: : 0.58% em ambos.

Bem, vejamos o que vamos obter desta vez.