Uncategorized

A esquerda brasileira está quase lá

Só que aqui a coisa é feita de forma disfarçada, mundo regras do jogo no meio, alterando incentivos para privilegiar publicações “científicas” dos amigos, etc.

Lá na Venezuela, contudo, é a plenitude da canalhice.

Obviamente, um liberal não tem problema com isso (digo, um liberal inteligente, não um panfletário mal educado). Quer estudar Marx? Vai lá ler. Quer estudar Friedman? Vai lá ler. Você é livre para pensar e pesquisar o que quiser.

Mas, em um mundo no qual alguém sabe o que é melhor para você, você, imbecil que é, não pode pesquisar nada porque cometerá erros e enxergará coisas proibidas. Assim é a canalhice – repito, é canalhice mesmo – que se vende como “argumento” para esta sacanagem que o Mungowitz acaba de divulgar.

Genial, não?