Uncategorized

A nova nova macroeconomia

Não, você não leu errado. Eu chamei mesmo de “nova nova”. Tudo por causa de um livro novo que comprei e cujo resumo (bem, mais ou menos um resumo) está aqui. A idéia dos autores é fazer um livro-texto com um modelo de três equações, bem no espírito do IS-MP de Romer, mas corrigindo alguns problemas que, segundo eles, aparecem naquele modelo.

É sem dúvida notável e excitante ver como o mainstream se renova e absorve novas idéias, ao contrário do que lhe acusam geralmente. Os pterodoxos reclamaram tanto em 2008, mas não conseguiram parir nada relevante. Talvez uns livros caça-níqueis sobre “a crise”, “o fim do homo economicus”, “a irracionalidade”, etc, mas nada muito sério.

Pelo que comecei a ler – e ainda foi pouco – do livro, a abordagem é promissora. Nada como começar bem a sexta-feira, não?

Uncategorized

Liberdade na Estrada…parada em BH

Hoje, daqui a algumas horas, Diogo, Bruno e Alexandre debaterão o futuro do Brasil no evento mais bacana dos últimos anos no Brasil, o Liberdade na Estrada.

Por lapso de memória meu, esqueci de divulgar o evento com mais ênfase. Acho que peguei o vírus da amnésia de um amigo meu. De qualquer forma, ontem à noite, encontrei-me com Diogo, Bruno e com o Fábio (que não sabia qual Shikida fazia parte do grupo de estudos do Diogo aqui na faculdade…) para conversarmos.

O assunto inevitável foi o de sempre: falar mal dos outros, claro.

Entretanto, é muito importante destacar que, no Brasil, embora muito lentamente, tem sido menos difícil ter uma verdadeira pluralidade de idéias. A despeito das tentativas da esquerda de monopolizar o discurso e demonizar quem não seja de esquerda (seja a direita ou os libertários), a inteligência humana, a pesquisa e a boa educação têm proporcionado a este país um boom de gente bacana.