Uncategorized

Está provado

Tio Rei e JMello, na verdade, são ambos cooptados pelo petismo. A prova, feita por Zeldheg, ex-aluno de Educação Física e Geografia em uma universidade brasileira, que cansou de se deparar com os incríveis furos – nunca dantes percebidos por milhares de economistas de todas as linhas teóricas (inclusive, sim, os autríacos) – dos trabalhos econômicos é imbatível.

Dirão que estou de sacanagem, mas é impossível encontrar uma linha neste texto no qual eu ofenda alguém. O mesmo Zeldheg me mandou um comentário anônimo garantindo que ele não apenas é quem diz ser, mas, obviamente, existe (e é único, diriam os economistas viciados em matemática e bombons sonhos de valsa).

A prova? Ora, senhores! Está sob os seus narizinhos intrometidos! Basta ver que a imprensa toda ignorou a aliança lulamaluflula por esta maquiavélica estratégia de dissimulação criada pelos dois supostos adversários.

Agora sim, tudo está claro. Valeu Zeldheg!

p.s. Zeldheg é meu amigo imaginário mas, e daí? Isto importa? O que importa é quem chamou quem de cara de melão primeiro.

Uncategorized

Eis uma campanha que vai enfurecer os defensores do “quanto menos estudo, melhor”

Não adianta nem tentar argumentar. A campanha já conta com o apoio de muita gente.

Se não entendeu, dê uma olhada na retrospectiva do Drunkeynesian. O melhor de tudo é que os comentaristas do blog do Tio Rei mantém a mesma posição – sem qualquer racionalidade – quer o Tio se apóie em doutores (menos de Stanford) ou se ele ataque economistas: são sempre contra e acreditam que a econometria, a penincilina e a vacina contra a pólio são bruxaria e o que vale é o que você acha que sabe.

Nada mais adequado para explicar os resultados eleitorais deste país.

Uncategorized

A estranha evidência

1. Tio Rei bate em JMello: comentaristas chamam econometria de tudo quanto é nome feio, confundem Chicago com ideologia, sogra, etc.

2. Tio Rei elogia Alex Schwartsman e só faz uma “tiquitinha” queixa sobre o mesmo:  comentaristas chamam econometria de tudo quanto é nome feio, confundem Chicago com ideologia, sogra, etc.

3. Tio Rei elogia Mansueto, nem comenta o texto:  comentaristas chamam econometria de tudo quanto é nome feio, confundem Chicago com ideologia, sogra, etc.

Interessante este padrão dos comentaristas. O que ele nos diz sobre a lógica da argumentação? A resposta não é uma caixa de Sonho de Valsa…