Uncategorized

Você é um bolha?

Por falar em econometria de séries de tempo, tem gente que gosta de falar de bolhas. Ora, o que são bolhas? Digamos que são preços descolados de seus fundamentos (vai definir isto com rigor, cara, vai…). Posto isto, como se testa a existência de bolhas em um dado mercado?

Escolha:

a) Veja se a série tem raiz unitária

b) Veja se o sistema de variáveis tem cointegração, mas o VAR é explosivo

Muito bem, a resposta é (a). Obviamente, como se sabe, um passeio aleatório não é sinônimo de série explosiva, mas apenas de uma série que tem tendência estocástica (aliás, por isso não pode ser explosiva, pois é estocástica…). A resposta (b) é a que alguns autores propõem. Um exemplo “simples” é este.

Os autores usam um VAR com os rents e o preço, mas com a característica de “co-explosividade”, em uma tradução livre. Não é muito fácil trabalhar com isto porque você tem que impor algumas hipóteses na construção do VAR. Nada que alguém que conheça o mínimo de séries de tempo não possa fazer, embora com algum trabalho.

Gostou? Então bom trabalho.