Uncategorized

Agradecimentos

O que Gilberto Tadeu Lima, Renato Leite Marcondes, Sérgio Ishikawa, Elaine Pazello, Paulo Furquim de Azevedo, Reinaldo Gonçalves e Cláudio Shikida têm em comum (além de possíveis discordâncias sobre a história econômica brasileira)?

Bem, eles foram citados no prefácio da 7a edição de “Economia Brasileira Contemporânea” do Amaury, Rudinei e Marco Antônio, da editora Atlas. Por que? Porque deram algum palpite bacana ou corrigiram algum problema das edições anteriores.

Ou seja, existem autores sérios que se preocupam em citar aqueles que ajudam a melhorar um trabalho que já é muito bom.

De minha parte, eu fico feliz porque, afinal, eu sempre gostei do livro, desde a primeira edição. Assim, agradeço aos autores pela lembrança. Voltando ao modo “modéstia”…

Uncategorized

Políticos brasileiros deveriam ter o mesmo tratamento…

…que os burocratas japoneses. Ao invés disso, temos uma suposta promotora que também é supostamente retardada (ou louca, etc), conforme noticiam os jornais de hoje. Por sua vez, a presidenta que adora posar de durona, inclusive a ponto de dizer explicitamente que o bacana é interditar estudos do IPEA antes de sua divulgação (é a famosa “função social da pesquisa” somada ao tal “controle social da mídia”, famoso em Cuba, país admirado por um suposto cronista gaúcho e alguns supostos cantores de MPB) deixa passar mais uma oportunidade de mostrar comprometimento com os interesses do povo.

E a imprensa, bem, a imprensa tem doutrinado até crianças com publicações de conteúdo duvidoso que é sucesso entre doutrinadores que não ensinam, embora sejam professores.