Uncategorized

Mercado é melhor que guerra

Quem assiste “Bullshit” de Penn & Teller já deve ter tido aulas de economia muito mais sinceras e honestas do que as doutrinações baratas que assolam a selva brasileira.

Em um destes episódios, mostra-se que a paz mundial não é obtida por passeatas nas cidades ou por uma burocracia global lenta como a ONU. Claro que uma passeata no Rio de Janeiro pedindo paz na Eslovênia deve ter algum efeito minúsculo no processo de paz hipotético que uso como exemplo. Provavelmente, apenas satisfaz o ego dos participantes do evento.

Mas o comércio, a dependência do outro, ainda que haja discordâncias em vários aspectos, é o melhor remédio. Aliás, um samurai de …já havia percebido isto. Veja só: “Peace is achieved with rice and salt, not with katanas and arrows” – Uesugi Kenshin.

A frase é simples, talhada por um sujeito que nunca estudou economia ou ciência pollítica. Mas é de uma sabedoria que nem sempre estes apreendem de imediato. Principalmente na selva, onde a cultura é: “existe o remédio, mas nós queremos inventar um jeito incerto de curar a doença, porque temos preferências políticas e gostamos de misturar isso com ciência”.

Mostre-me um estudo deste lamentável nível de qualidade que eu lhe mostro uns duzentos que mostram que o ceticismo científico ainda é o melhor remédio. Aliás, é isso que fazem Penn & Teller em seu programa que, lamentavelmente, só é transmitido tarde da noite, evitando, assim, que as elites deformadas que dominam a opinião pública com palavras de ordem e “minutos de sabedoria (= anos de burrice) tenham seu status de “gente que entende” ameaçado.