Uncategorized

A picaretagem da felicidade e outras broncas

Leo põe os pingos nos i´s. Ah sim, falando em coisas sérias, o Laurini me obriga a divulgar este link. Bem, ele não me apontou uma arma, mas senti uma obrigação moral. Logo que terminei a graduação estive na USP para um destes eventos (sim, vá ao link, preguiçoso…) e assisti um mini-curso ou umas poucas aulas com ninguém mais, ninguém menos do que David Hendry, na época em que cointegração nem passava perto das graduações (principalmente as de Minas Gerais, notoriamente atrasadas nos anos 80 e 90).

Mudando um pouco, o Irineu deve estar muito bravo com seu trabalho como editor. Seus conselhos normativos são ótimos, mas não sei se ele percebe a natureza “positiva” (na verdade, negativa…) da selva em que vivemos. Diga-se de passagem, esta natureza está bem (na verdade, tristemente) resumida neste melancólico texto do Erik.

Mudando mais ainda de assunto, os eternos defensores do cepalino Serra (contra o nada santo senador mineiro) não panfletaram hoje, diante da irresponsável proposta do tal “mínimo de seiscentos reais”. Vão me dizer: “ah, mas o papel da oposição é ser do contra”. Retruco: “o papel da oposição que terá meu voto é ser séria em seu papel”. Não me venham com esta história de que a social-democracia brasileira se inspirou em Willy Brandt e outras abobrinhas. Não há nada disto na selva. Aliás, falávamos disso no início deste texto, não?

2 comentários em “A picaretagem da felicidade e outras broncas

  1. Não à ideia de “oposição do contra”, mas sim à oposição que faz oposição. Ultimamente tem-se adjetivado muito oposição e o que se enxerga são quase mal disfarçados adesismos. Quanto ao SM de R$ 600,00, se foi prometido nas eleições ao cidadão, este tem de saber como seria implementado. Por que poderia ser R$ 545 ou R$ 580 e não R$ 600,00? Pois, bem. Serra foi ou será convidado para ir ao Senado explicar como seria implementado tal valor. Bom que vá, explique e ouça prós e rebata contras. Os eleitores, que acabam pagando a conta, merecem e agradecem.

  2. Cont…E se as oposições ainda se lembrarem da plataforma que apresentaram nas eleições, além do SM de R$ 600,00, poderiam aproveitar e defender suas ideias neste momento difícil da economia. Seria muito salutar. Os situacionistas já têm o seu mote, depois de oito anos e mais quatro: tudo é culpa do FHC. assim fica difícil.

Deixe uma resposta para Dawran Numida Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s