Uncategorized

Você quer ter aulas com o Erik?

Sempre há um masoquista, he, he, he. Para estes existe o doutorado em economia na UFPB.

Anúncios
Uncategorized

O filme do Yamato AINDA não chegou aos cinemas nacionais

…que aliás, têm uma quota para filmes nacionais, a nossa velha “barreira à entrada”. Entretanto, parece que, ao contrário da sequência produzida pelo, agora falecido, Yoshinobu Nishizaki, em 2009, este tem feito sucesso por lá.

Talvez seja datado (o sucesso é grande entre gente da minha idade), mas, no Brasil, a legião de fãs desta antiga – e importante (na história do anime) – série é grande, ou seja, o potencial de sucesso do filme é muito razoável.

Infelizmente, como sempre, eu aposto que o filme não chegará às telas nacionais. Temos que torcer pela “pirataria” para assistir um filme? Ou o mercado legal fará sua parte?

Uncategorized

Captação da poupança bate recorde. E aí?

A notícia do G1 diz exatamente isto. Mas eu me pergunto: e outros fundos? Também bateram recordes? A notícia não diz muito e, portanto, não tente usá-la para alimentar alguma dissonância cognitiva sua com respeito às decisões de investimento. A poupança, como diz a mesma reportagem, ainda é um dos piores (senão o pior) investimentos que alguém poderia fazer com o dinheiro.

Também não pense que a única opção para seu dinheiro é a poupança ou a Bolsa de Valores. Há os imóveis, automóveis, Letras do Tesouro, previdência privada, fundos de investimento, dentre uma infinidade de aplicações que podem lhe render ganhos no curto, médio e no longo prazo.

Uncategorized

Credibilidade?

Ou as tornozeleiras são fáceis de serem retiradas pelos presos ou a Justiça e a eficácia policial perdem para a ineficiência e corrupção. É o que concluo disto. Claro, sempre pode haver alguém que diga que o preso não entendeu o funcionamento da tornozeleira, mas não é preciso estudar um ano de ensino básico para entender o que significa o apito da mesma…

Uncategorized

Aprender latim desenvolve o intelecto (?)

Mas os gregos não aprenderam latim. E aí? Dica do Caplan, com direito a evidência empírica.

p.s. eu me pergunto sobre o ensino de disciplinas como “história africana” ou “filosofia” no ensino médio. Se a evidência empírica mostrar que são relevantes, ok. Digo, evidências empíricas sérias, não estes estudos de gente que não aprendeu nada além de uma regressão simples.