Uncategorized

A tal ética

Ronald tem observações bem interessantes sobre a ética nas universidades brasileiras. Estão aqui, mas vale a pena destacar alguns trechos.

É certo que códigos de ética representam apenas um incentivo soft para limitar o comportamento, porém são importantes à medida que sinalizam o que não é apropriado e podem ser complementados por medidas disciplinares. Na sua ausência, palavras de ordem como punir e penalizar degeneram rapidamente para perseguir (em particular os desafetos), principalmente quando combinadas com a criação de metas arbitrárias, antagônicas e de aplicação dúbia, em particular quando existe concentração de poder nas instâncias decisórias relevantes. Nestes casos, pode-se esperar a proliferação de bullying profissional com a consequente queda na qualidade das relações profissionais e na disposição de cooperação na instituição. Alguém já viu este quadro antes?

A pergunta dele procede e vale uma reflexão. E você, leitor, já viu um quadro como este antes?

Anúncios
Uncategorized

Compulsório

Bem, mais um aperto no crédito. Agora, se alguém tiver a coragem de me dizer o que é um “câmbio de equilíbrio”, eu agradeço. Melhor ainda, a galera do “câmbio de equilíbrio = R$…” poderia confiar mais nas próprias palavras e fazer uma aposta com, digamos, 100% de seu próprio patrimônio.

Aí sim, eu iria começar a acreditar nisto.

p.s. Ok, vamos ser condescendentes com o “câmbio de equilíbrio” e ir além das palavras. Que sistema, exatamente, pretendemos equilibrar? Quantas equações ele tem? Quais as variáveis envolvidas? É um sistema dinâmico ou estático? Viu só o tamanho do buraco?