Uncategorized

Quem é a Fox News brasileira?

Os supostos observadores neutros da imprensa nacional (refiro-me à ala contra a liberdade da imprensa porque dinheiro é cocô, freudianamente falando) adoram falar mal da Fox News: empresa engajada, que não pondera pontos de vista distintos, etc.

Mas eles se calam solenemente quando a falta de “ponderação” é nacional. E olha que a galera daqui faz mais do que a Fox: eles vendem até para gente que não sabe a distinção entre ciência e fé doutrinal.

É por isso que eu uso mais o email: é melhor do que carta.

Uncategorized

Outra definição de “hetero”doxo

Reginaldo, outro dia, saiu-me com esta:

Ortodoxo é o cara que passa metade do dia pensando em besteira e, a outra metade, modelando-a.

Ao que respondi:

Heterodoxo é o cara que passa a metade do dia pensando besteira …e a outra metade também.

Sim, Reginaldo não é heterodoxo e a definição não é consensual na literatura, mas segundo B.o.B.a.L.h.A.O. (2011), em seu Para uma definição alternativa latino-americana-bolivariana-centro-periférica da lei da gravidade: um estudo de caso, editora Meu Neurônio é um Zero à Esquerda, Brasília, é uma boa opção à falta de definição.

Uncategorized

O velho Ernani: uma breve lembrança

Lembranças do antigo professor Ernani que tenho são várias. Aqui vai uma: ele lecionou uma optativa na graduação ptero-heterodoxa sobre a Teoria Geral de Keynes. A elite “mainstream” exigia (e exige, acredite, até hoje) que os alunos fizessem uma matéria obrigatória sobre “O Capital” do Marx, aquele suposto economista.

Mas, Keynes, para esta gente (gente?), não era digno do mesmo tratamento. Falou que tem que corrigir o mercado (e não destruí-lo) sempre foi suficiente para o povinho da “centro-periferia” (que, segundo alguém, agora não existe mais porque…porque…porque mesmo?) baixar o porrete.

Claro, falta de caráter não existia apenas na academia. Tempos depois teve a história de um suposto ortodoxo deu o cano no Ernani, dizendo, na cara dura, que pagá-lo seria sua última prioridade. E olha que eram uns R$ 100,00. Quando me contaram, não acreditei. Até parecia uma ironia do destino (uma ironia de mau gosto, claro).

Saindo desta história de lamaçal, vale lembrar que li a Teoria Geral toda (e também li mais de Marx do que todos os rent-seekers que se auto-denominavam “marxistas”, sem falar nas minhas terríveis lutas para entender Hegel, coisa que passava longe dos elegantes marxistas de cátedra (salve, Schmoller!)).

No final das contas, a vida continua, certo?

Uncategorized

Interessante

Uma presença nos comentários do blog se mostrou esquizofrênica. Do mesmo IP, com a mesma mensagem, o suposto Marcos (marcosucb@gmail.com) e o suposto Augusto (augustos@gmail.com) conseguiram colocar o mesmo comentário.

Interessante, não?