Uncategorized

Eu não conheço o colega…

…mas gostei dos artigos que encontrei em sua página de publicações. Aqui.

Uncategorized

Quando a política vence o esporte

O sonho de 10 entre 5 (isso mesmo) esquerdistas brasileiros é o “controlar socialmente” tudo, inclusive os esportes. Claro que o controle só vale para o time deles porque o resto é “massa de manobra”. Apenas a iluminada galerinha tem “consciência de classe”, em uma irônica negação da teoria marxista.

Tudo bem, tudo bem. Cada quadrúpede com seu pasto, reconheço. Mas não é incrível quando você vê os grandes aliados da política externa brasileiro (pró-ditaduras e super-nuclear) fugirem do confronto de uma final de Tae-Kwon-Do? É quase uma “Coréia-do-Norte-na-Copa-do-Mundo”, o que me leva a perguntar sobre o porquê da “chancelaria” do Itamaraty não fazer mais barulho pró-Coréia do Norte nos fóruns mundiais. Por que demoram tanto?

O presidente iraniano atual adora dizer que não existiu holocausto (aprendeu história em alguma destas escolas ideologicamente viesadas…). Disso a gente já sabia. Agora, que ele manda a galera fugir do confronto sempre que pode perder (50% de chance?), isto é novidade. A Guarda Revolucionária – aquele braço armado do bolivarianismo iraniano – deve estar mordida. Afinal, os guardiães da fé e da doutrina não podem nem entrar numa areninha para enfrentar um “judeu inferior”?

Senti mesmo falta das manifestações de nossa arrojada política externa…

Uncategorized

Amostra aleatória?

Eis um importante texto de um blogueiro sobre o – quase inacreditável – viés das pesquisas eleitorais brasileiras. O blogueiro merece os parabéns. Fez uma análise simples dos dados e, baseando-se no que o Datafolha (no caso) disse ao TSE, mostrou que há algo muito estranho na construção da amostra “aleatória”.

É um serviço de utilidade pública que você não teria se o “controle social da imprensa” advogado por alguns dos candidatos a presidente estivesse em vigor.

Fiquei realmente espantado com os problemas apontados. Se eu já estava desconfiado destas pesquisas, agora não tenho mais dúvidas.