Uncategorized

Metas de inflação

Geralmente pensamos em um sistema de metas de inflação para combater a inflação. Mas existe a possibilidade de um governo adotar o sistema de metas para gerar inflação? Este é o debate atual no Japão. É interessante pensar na situação do país, que se encontra numa inusitada situação de pouco crescimento e alguma deflação há algum tempo.

O mais interessante é observar os aspectos institucionais do BOJ, o banco central japonês. Por exemplo:

Fujii, 78, a Lower House lawmaker from the Democratic Party of Japan, said the government shouldn’t use the central bank as its “tool.” Once the government begins asking the central bank to comply with its wishes the requests are bound to become more “forceful,” he said.

Until 1998, the BOJ operated under a law enacted during the war that allowed the government to safeguard military funding. The statute helped financing for unsustainable military campaigns, Fujii said

Não lembra o Banco Central brasileiro nos anos da heterodoxia (militar e pós-militar), com sua retaguarda aberta para o Banco do Brasil praticamente anular qualquer política monetária? O mais exótico é notar que a lei citada só foi abolida em 1998, mais de 40 anos após o final da II Grande Guerra Mundial. Em outras palavras, se uma análise dos dados mostrar que a lei citada foi efetivamente utilizada, teremos uma boa pista para entender a contribuição da política fiscal para a atual situação econômica do Japão.

Considere que a política monetária seja realmente ativa e o BOJ tenha uma autonomia efetiva. Neste caso, lugar contra a deflação com metas de inflação seria uma política eficiente?