Uncategorized

Muçulmanos pró-terrorismo: acordem!

Duas dicas para os imbecis de sempre. Aqui e aqui.

Realmente acho que a melhor idéia desta semana foi aquela que causou pânico no Paquistão: cada um tem o direito de fazer a charge de Maomé, Deus ou qualquer outro ser vivo, mitológico ou mesmo estagiários.

Curiosamente, na democracia, críticas são bem aceitas. Veja o caso dos EUA e o vazamento de óleo. Tente comparar com a plataforma de Chavez que afundou (deu no jornal?) recentemente. Nem há mais oposição para reclamar na ditadura (democraticamente eleita…tal como no nascimento do nazismo, com a eleição de Hitler, lembra?) venezuelana.

Não basta ter imprensa e eleições para se dizer democrata, como quer nossos bolivarianos brasileiros. Irã não é democracia, pessoal. Venezuela também não é. Nem Cuba. Ah sim, a Coréia do Norte também não. Não me venha com o papo do “poder do dinheiro”. É nestes países que existe a maior concentração de renda (toda ela em uns poucos que, aliás, detêm o poder de explorar o trabalho alheio). É nestes países, também, que não existe liberdade de imprensa por conta do “poder da mídia”, todo ele nas mãos do suposto defensor da liberdade de expressão: o Estado.

O problema não é deixar de ser terrorista. O problema é o terrorismo deixar você. Tem político brasileiro por aí dizendo não ser  terrorista, mas a mentalidade terrorista, esta terrível forma de pensar, não parece ter abandonado muitos deles. Merecem charge também, claro (veja o texto de 19.02 do Danilo para entender a diferença entre o Brasil e uma democracia).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s