Uncategorized

História Econômica séria: dinâmica e sempre inacabada (três exemplos simples)

1. Keynes falava do preço que a República de Weimar teria pago com o Tratado de Versalhes. Será que ele estava certo?

2. A independência do Banco Central não era algo que entusiasmava Milton Friedman. O que a história nos diz?

3. Max Weber foi interpretado como o primeiro a enunciar o argumento de que a religião importa para o desenvolvimento econômico. A história pode lhe dar razão?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s