Sua variável tem problema

Sabe quando o sujeito computa lá uma regressãozinha e usa o superávit primário do governo como um indicador de ajuste fiscal? Bem, ele pode estar em sérios apuros, segundo esta matéria de “O Globo”, reproduzida pelo Paulo.

São tantos os truques – e o claro desrespeito ao cidadão, no caso do Imposto de Renda – que me deixa um tanto incomodado a falta de críticas por parte das pessoas. Existem incentivos para que assim o seja, eu sei, mas a durabilidade dos mesmos, diante de uma situação fiscal gradativamente perigosa já deveria deixar alguns em alerta.

Misterioso mesmo é como tanta gente engole falácias – e mentiras descaradas mesmo – em certos eventos do sul do Brasil, acusando um imaginário liberalismo como responsável pelas mazelas do país. Curioso é o país no qual os que defendem bolsas para bisnetos de perseguidos pelas ditaduras apóiam, ardorosamente, ditadores, só pela camisa do time. Fidel Castro que o diga.

O preço das “bondades” com empresários às custas do bolso do contribuinte

Em minha modesta opinião, o Programa AMX, por meio desse PIC, oferecia (e dava) o paraíso que qualquer empresário sempre desejou: aquisição de tecnologia de ponta em determinadas áreas, capacitação de pessoal, ampliação e adequação de instalações, aquisição de máquinas e equipamentos e, talvez o mais importante, uma carga de trabalho garantida por várias décadas (enquanto a aeronave estivesse voando!).
Naquela ocasião, selecionou-se um leque de empresas para receberem esse pacote por meio de um contrato de capacitação tecnológica e de industrialização de determinados equipamentos, e o resultado que temos hoje é ZERO ou muito próximo de ZERO! Á exceção da EMBRAER, quase todas as demais empresas desapareceram, obviamente após receberem todo o pacote de bondades governamental, de forma que hoje temos que recorrer ao exterior para fazer revisões gerais dos nossos equipamentos.

Usar o Twitter é terrorismo

Chavez tem medo do passarinho. Este é o ídolo dos esquerdistas latino-americanos. Veja só como ele parece até se inspirar em certas propostas autoritárias dos chapa-branca brasileiros, que querem calar vozes discordantes na imprensa brasileira.

Não é uma graça?

Ele não deveria apenas se calar. Deveria se candidatar voluntariamente a uma lobotomia. Ou se oferecer como cobaia para o estudo de espécies raras. É o próprio elo perdido entre os anfíbios e o ser humano. Algo entre um sapo e um pato, ou seja, um esquerdista latino-americano daqueles que defendem ditadores e bolsas para vítimas da ditadura ao mesmo tempo.

Não, seu Hugo, não é assim que se melhora a vida das pessoas. Ao invés desta falação, o melhor seria vê-lo trabalhar. Afinal, os preços do barril lhe são lá muito favoráveis…

Ganhadores do concurso do Fraser Institute

Assista todos os vídeos! O da limonada, o “let it be” e Sarah são os melhores, para mim. Eis o anúncio oficial (os links dos vídeos cortesia deste blogueiro).

Winners of Fraser Institute student video contest showcase economic prowess, filmmaking skills

Release Date: January 26, 2010
VANCOUVER, B.C.—Sixteen students from across Canada and the U.S. share $10,000 in prizes in the annual student video contest held by the Fraser Institute, one of Canada’s leading public policy think-tanks.

Students in Victoria, Vancouver, Calgary, Thunder Bay, Toronto, and Ottawa received awards for their entries. A complete list of the winners is below.

Students were asked to create a video answering the question “what is the appropriate role of government in the economy?” Sixty-two videos submitted by 133 university and high school students from across Canada and the U.S. were entered in the contest—more than triple the number of videos entered in last year’s contest.

“The creativity and adept analyses these students put into their videos is remarkable. It’s very encouraging to see young people engaged in such a critical debate about the role of government in the economy,” said Peter Cowley, Fraser Institute senior vice president of operations.

The winning entries were selected based on originality, clear expression of ideas, production values, quality of story, and understanding of the topic. A special Viewer’s Choice Award was also awarded in each category to the videos with the highest rating on YouTube. All videos can be viewed at http://www.youtube.com/fraserinstitute.

Brendan Conway-Smith from the University of Ottawa took second prize in the post-secondary category.

“Brendan’s video was a clear standout. The high production values and sharp examination of the topic made this an impressive entry,” Cowley said.

Jason Killion from Reynolds Secondary School in Victoria, B.C. won third prize in the high school category.

“Another great entry showcasing a keen grasp of economics and video production—very well done,” Cowley said.

The contest was sponsored by The Lotte and John Hecht Memorial Foundation.

2009 Student Video Contest winners

Post-secondary category

1st place ($2,000)
My Friend Sarah
Created by Mark Meranta (George Mason University—Fairfax, V.A.)
and Terra Strong (George Mason University—Fairfax, V.A.)

2nd place ($1,500)
Letting Be
Created by Brendan Conway-Smith (University of Ottawa—Ottawa, O.N.)

3rd place ($750)
Laissez Faire
Created by Ty Mills (University of Calgary—Calgary, A.B.)
Kasper Woiceshyn (University of Toronto—Toronto, O.N.)
Robert Wensley (Bob Jones University—Greenville, S.C.)
Marc LeClair (Westmount Charter School—Calgary, A.B.)

Runner-up (received a handheld camcorder valued at $500)
Let it be
Created by Tori Finlayson (University of British Columbia—Vancouver, B.C.)

Viewer’s Choice Award ($750)
My Friend Sarah
Created by Mark Meranta (George Mason University—Fairfax, V.A.)
and Terra Strong (George Mason University—Fairfax, V.A.)

High school category

1st place ($1,500)
Government’s Practical & Moral Role
Created by Lance Knight (Peripatos Academy—Pittsboro, N.C.)

2nd place ($1,000)
Public Option, Post Office—Are You PO’d Yet?
Created by Travis Knight (Peripatos Academy—Pittsboro, N.C.)

3rd place ($750)
My Crazy Dad and the Role of the Government
Created by Jason Killion (Reynolds Secondary School—Victoria, B.C.)

Runner-up (received a handheld camcorder valued at $500)
Capitalist Rap
Created by Aiden Wilks (St. Mary’s Senior High School—Calgary, A.B.)
Paula Turcotte (St. Mary’s Senior High School—Calgary, A.B.)
Matthew Tiberio (St. Mary’s Senior High School—Calgary, A.B.)

Viewer’s Choice Award ($750)
A Tale of Two Citrus—A Canadian Allegory
Created by Lucas McEachern (Westgate Collegiate & Vocational Institute—Thunder Bay, O.N.)
and Craig Draeger (Westgate Collegiate & Vocational Institute—Thunder Bay, O.N.)

View the winning videos at www.youtube.com/FraserInstitute.

Instituto Liberdade está de parabéns

The Think Tank Index 2009

Dear friends and partners, we are proud to inform you that among the Top 40 think tanks in Latin America and the Caribbean, from the 2009 Global Go To Think Tanks Index, is INSTITUTO LIBERDADE from Brazil!

And more, among the Brazilian think tanks on this list, only INSTITUTO LIBERDADE is a private, non-profit, non-partisan, not endowed and not supported by any public funds organization!

Each year Dr. James McGann with the University of Pennsylvania and the Foreign Policy Research Institute put together a study of the global think tank industry. This study looks at think tanks in general, and is not issue, or ideology specific. Each year, based on the reviews of judges from around the world, a list of “Go To” think tanks is compiled. There are some 5,500 think tanks worldwide, in nearly 170 countries. Some organizations specialize in security; others in the environment. Some are intensely partisan; others fiercely independent. Some have budgets in the tens of millions of dollars; others are one-person operations. Some are already changing the world with their big ideas; others merely aspire to.

Until now, there has been no guide to this rapidly growing global industry. The Think Tank Index is the first comprehensive ranking of the world’s top think tanks, based on a worldwide survey of hundreds of scholars and experts. Think of it as an insider’s guide to the competitive marketplace for ideas that matter.

We also would like to congratulate the other members of RELIAL who are listed in the list above and our other friends and partners from our international network listed in other regional lists!

The 2009 Global Go To Report is featured in the January/February issue of Foreign Policy magazine. To read the complete report, select the link below to access the pdf file format from Atlas Economic Research Foundation:
http://www.atlasnetwork.org/networknews/wp-content/uploads/2009-global-go-to-think-tank-report-3.pdf

* James McGann is assistant director of the international relations program at the University of Pennsylvania and director of the Think Tanks and Civil Societies Program.

Humor bom para 2010

Quem disse que toda piada de Joãozinho tem que ser indecente?

Lula foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhado da
Dilma e de uma comitiva.

Depois de apresentar todas as maravilhosas realizações de seu governo,
disse às criancinhas que iria responder perguntas.

Uma das crianças levantou a mão e Lula perguntou:
– Qual é o seu nome, meu filho?
– Paulinho. (lembre bem deste nome)
– E qual é a sua pergunta?
– Eu tenho três perguntas:

1ª)Onde estão os milhões de empregos prometidos na sua campanha presidencial?
2ª)Quem matou o Prefeito Celso Daniel?
3ª)O senhor sabia dos escândalos do mensalão ou não?

Lula fica desnorteado, mas neste momento a campainha para o recreio
toca, ele aproveita e diz que responderá depois do recreio.

Após o recreio, Lula diz:
– OK, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem perguntas?
Um outro garotinho levanta a mão e Lula aponta para ele.
– Pode perguntar, meu filho. Como é seu nome?
– Joãozinho, e tenho cinco perguntas:

1ª)Onde estão os milhões de empregos prometidos na sua campanha presidencial?
2ª)Quem matou o Prefeito Celso Daniel?
3ª)O senhor sabia dos escândalos do mensalão ou não?
4ª)Por que o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?
5ª)Cadê o Paulinho??

Economics Bulletin

Se você está encontrando dificuldades no acesso de www.economicsbulletin.com, para me ajudar a fazer um relatório mais detalhado para o editor da revista (parece um problema de DNS), por favor:

1. Informe-me de que país você tentou acesso e, se possível, estado/região

2. Se quiser informar o provedor ou fazer comentários, também são bem-vindos.

Pode me informar pela caixa de comentários. Pretendo descobrir se é um problema exclusivo do Brasil ou se há colegas em outros países com os mesmos problemas.

Ah sim, até que se saiba o que fazer, use este outro link: http://www.accessecon.com/pubs/EB/.