Uncategorized

Brasil

Al Roth dá um breve exemplo sobre o Brasil neste interessante post.

Uncategorized

Crianças entendem os incentivos…

…mas não entendem de ética, moral (e cívica). Por isso é importante que cada família dê a seus filhos os valores que achar melhor. Ao Estado – este paquiderme geralmente atrapalhado – cabe apenas a responsabilidade de gerir a liberdade (sim, esta “burguesa”) de crença que surge da (ordem espontânea da) sociedade.

Não gostou? Então imagine a queima de bíblias, perseguição de protestantes, guetos de espíritas, etc: este é o mundo no qual o Estado dá (dá? Inculca mesmo) valores a seus filhos. O que isso não ocorre é aquele no qual as famílias os educam e o Estado garante a liberdade de crença (reprimindo, claro, a intolerância).

De qualquer forma, crianças entendem os incentivos e a eles reagem. Cumpra logo seu papel de pai (ou mãe) e cuide do seu, antes que o Estado ou o vizinho traficante o faça.

Uncategorized

Ordem Espontânea

Dan Sutter compara a economia de mercado com a pesquisa acadêmica na tentativa de explicar porque algumas ordens espontâneas falham. Algumas diferenças entre as duas são:

The first is extensive government funding of higher education, which might disrupt academic research in the same way that central planning ruins an economy. The second is the organization of the academy on the basis of departments directed by peer review. The third is a lack of commercial incentives in nonprofit colleges and universities, which would reduce the cost of indulging prejudices regarding scholarship. The fourth is the lack of a medium of exchange across departments, which can affect the organization of the production of research. The final point is the lack of ownership of research paradigms, in contrast with privately owned technological standards and prestige in place of profit, leading to more persistent lock-in problems. The lack of commercial forces in academic research – nonprofit firms, citation and coauthorship in place of money, and unowned paradigms – may explain why emergent order fails to attain the level of coordination in academic research which it does in the market economy.

Quais seriam as implicações normativas de seu artigo? Bem, leia o texto para descobrir.