Uncategorized

Modelando o risco

Recent Advances in Credit Risk Modeling

Author/Editor: Capuano, Christian | Chan-Lau, Jorge A. | Gasha, Jose Giancarlo | Medeiros, Carlos I. | Santos, Andre | Souto, Marcos
Authorized for Distribution: August 1, 2009

Summary: As is well known, most models of credit risk have failed to measure the credit risks in the context of the global financial crisis. In this context, financial industry representatives, regulators and academics worldwide have given new impetus to efforts to improve credit risk modeling for countries, corporations, financial institutions, and financial instruments. The paper summarizes some of the recent advances in this regard. It considers modifications of structural models, including of the classical Merton model, and efforts to reconcile the structural and the reduced-form models. It also discusses the reassessment of the default correlations using copulas, the pricing of credit index options, and the determination of the prices of distressed debt and estimation of recovery values.

Eis aí. O leitor notou que, do início da crise até agora, vários pseudo-economistas se dedicaram a falar da morte da “teoria ortodoxa” e outras estranhas (e psicodélicas) afirmações? Pois é. Por que é difícil responder esta gente? Porque você deixa de fazer trabalho sério para brincar de criança com gente que não consegue nem praticar o pluralismo que diz defender.

Enquanto a gente briga, caras como os autores acima trabalham. Moral: brigue, mas apenas para mostrar que a lógica e a razão humanas são superiores aos pensamentos etéreos dos economistas de porta de cadeia. A maior parte do tempo deve ser dedicada ao estudo.

p.s. um debate paralelo e importante aqui.

Um comentário em “Modelando o risco

  1. A Scientific American publicou uma matéria interessante sobre isso: A ciência controvertida das bolhas e bancarrotas. “A fusão da neuroimagem coma psicologia comportamentalista e a economia começou a fornecer pistas sobre como indivíduos e economias inteiras podem sair dos trilhos.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s