Uncategorized

Metodologias…

Duke chama a atenção para mais uma mudança metodológica do IBGE. O problema não é mudar – quando se muda para melhor – mas sim a frequência. Por que o governo tem tanto interesse em mudar frequentemente as metodologias é uma pergunta que me faço em casos como este.

Anúncios
Uncategorized

A nova história econômica brasileira

From Drop Box

É só o pessoal não continuar a idolatria acientífica de antigos escritores e poetas e ler os trabalhos deste três para que a história econômica brasileira evolua do estágio ideológico-pedófilo para o científico (com “qualidade” e “preocupação social”, para atender as maricas de plantão, tá?).

Uncategorized

Modelando o risco

Recent Advances in Credit Risk Modeling

Author/Editor: Capuano, Christian | Chan-Lau, Jorge A. | Gasha, Jose Giancarlo | Medeiros, Carlos I. | Santos, Andre | Souto, Marcos
Authorized for Distribution: August 1, 2009

Summary: As is well known, most models of credit risk have failed to measure the credit risks in the context of the global financial crisis. In this context, financial industry representatives, regulators and academics worldwide have given new impetus to efforts to improve credit risk modeling for countries, corporations, financial institutions, and financial instruments. The paper summarizes some of the recent advances in this regard. It considers modifications of structural models, including of the classical Merton model, and efforts to reconcile the structural and the reduced-form models. It also discusses the reassessment of the default correlations using copulas, the pricing of credit index options, and the determination of the prices of distressed debt and estimation of recovery values.

Eis aí. O leitor notou que, do início da crise até agora, vários pseudo-economistas se dedicaram a falar da morte da “teoria ortodoxa” e outras estranhas (e psicodélicas) afirmações? Pois é. Por que é difícil responder esta gente? Porque você deixa de fazer trabalho sério para brincar de criança com gente que não consegue nem praticar o pluralismo que diz defender.

Enquanto a gente briga, caras como os autores acima trabalham. Moral: brigue, mas apenas para mostrar que a lógica e a razão humanas são superiores aos pensamentos etéreos dos economistas de porta de cadeia. A maior parte do tempo deve ser dedicada ao estudo.

p.s. um debate paralelo e importante aqui.

Uncategorized

Cliométricas

Fábio Pesavento, direto de Utrecht, pede para publicar esta mensagem:

Escrevo este post da sala onde dentro instantes Gregory Clark (UCLA) vai apresentar seu paper (biologia e história econômica). Mas este post é sobre um assunto paralelo: Thomas Kang e Ricardo Paixão. Se existe cliometria no Brasil ela está muito bem representada aqui em Utrecht. Primeiro pelos trabalhos apresentados pelos dois, segundo pela desenvoltura apresentada no congresso em diversas questões (desde o tradicional bate-papo no coffe-break, até uma pergunta muito bacana numa sala lotada de lendas como Angus Maddison, EU APERTEI A MÃO DELE ehehe). O inglês, neste caso, é fundamental. Mas isto é inútil se não termos idéia do debate e da teoria básica. Novamente a desenvoltura dos dois chama atenção de gente como Jeffrey Williamson. Parece que a cliometria brasileira terá continuidade (se é que existiu) e seus mais novos representantes são Kang e Paixão. Quanto a mim, bom Utrecht está sendo um sonho para eu que lia Marx até pouco tempo…

É ou não é digno de publicação? Se eles autorizarem, eu até publico a foto dos três.

Uncategorized

Belo começo de semestre

From 21o Kyoudo Minyou Brasil Taikai

Olha só que bacana. O da esquerda é o deste ano, ganho neste domingo. O da direita é o do ano passado quando, pela primeira vez em minha vida, ganhei algum prêmio de concurso.

Neste ano, um pequeno avanço. O segundo lugar na categoria jovem do brasileirão de música folclórica japonesa (minyou). A música é a de sempre: Tawarazumi Uta (em algumas versões: Nanbu Tawarazumi Uta).

Eu sei que é um pouco de auto-propaganda (um pouco?), mas é muita alegria para uma família só. ^_^