Pense na biografia (novo nome de carteiraço)

O presidente da Silva se supera em sua defesa de práticas, dizem por aí, corruptas quando as mesmas são a seu favor e, claro, independem da existência de provas. Com ou sem provas, com ou sem evidências, com ou sem juízes imparciais, o negócio é sempre acusar a imprensa de se antecipar.

p.s. estranhamente, ele não acusou a imprensa de se antecipar e acusar o novo governo hondurenho de golpe quando, na verdade, houve uma decisão judicial pela deposição do satélite venezuelano, Zelaya. Goste-se ou não do que ocorre lá, a pergunta permanece: por que o critério para o senador poeta é um e para o governo hondurenho é outro?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s