Uncategorized

Honduras

O pessoal tem discutido muito sobre Honduras. Diogo Costa mostra que há um problema interessante com a imprensa. Ela não consegue enxergar o caráter distinto do movimento que depôs o presidente (que passava por cima da Constituição) e, ao invés de instalar um regime militar, empossou outro presidente. Marton, o pessoal da Torre e, certamente, outros blogs têm contribuído muito para a discussão.

O fato é que há uma grande dificuldade para as pessoas em julgar situações como esta. Isto me lembra o famoso atentado contra Hitler, o proletário austríaco eleito pelo voto popular e responsável pelo Holocausto (que o presidente do Irã diz que não existiu) que também mexeu como quis nas leis do país. Embora haja nuances entre o pitoresco hondurenho (e seus aliados bolivarianos) e Hitler (e seus aliados italianos…pitorescos), o mesmo ponto é polêmico: pode-se depor um presidente que pisa nas leis do país? Ou é golpe?

A polêmica vai longe, mas é interessante, como já disse, ver que muita gente que se diz democrata sempre faz vista grossa apenas para alguns movimentos militares, mas não outros.

3 comentários em “Honduras

  1. De todo modo, se, supostamente, a imprensa local não gostava do presidente Zelaya e não quer o retorno dele (independente se por “boas” ou “más” razões) e se há ao menos uma parte da população que protesta nas ruas contra o retorno da situação anteriores (ao mesmo tempo em que, aparentemente, não há manifestações favoráveis ao seu retorno), seria de se supor que a proposta de reforma constitucional seria derrotada nas urnas e, portanto, que com o golpe militar eles trocaram os pés pelas mãos?

  2. Se me lembro bem, Fernando Collor, o amigo de Lula, foi deposto por ter pisado nas leis do país.
    Não me recordo de ninguém da Venezuela, da Argentina ou, mesmo, dos Estados Unidos dizendo que estávamos errados.
    Mas que a situação do Golpe, e foi um, por mais que possamos tentar torcer as palavras, é esquisita, é mesmo.
    Como já disse em meu blog, é o típico caso em que todos estão errados.

  3. pelo que eu ouvi na CBN, parece que foi um monte de coisa errada mesmo.

    o zelaya quis passar por cima da lei prá propor o referendo (errado) e acabaram derrubando o cara (errado de novo) ao invés de fazer o impeachment, ou de simplesmente impedir o cara de fazer o referendo (me parece razoável isto tb)

    inclusive, me parece que agora está valendo uma lei da mordaça por lá, sinal de que o golpe já devia estar sendo planejado há mais tempo e que a burrada do zelaya foi só a gota d´água

    o interessante disto tudo, me pareceu, foi a posição do Obama de condenar o golpe, ao contrário do que o Bush fez na época do Chávez. Isto sim me parece um avanço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s