A importância de se aprender Macroeconomia e Econometria

Basta se perguntar: algum destes pop economistas de jornal conseguiria formular (ou entender) o teste de stress do FED? No Brasil, as previsões só começaram a ser levadas a sério (e ainda são “acusadas” de obscuras por alguns – ironicamente – obscurantistas) desde o surgimento do Relatório Focus, ainda no segundo governo FHC (segunda administração Cardoso).

Vale a pena pensar no tema. Curso de Economia no qual não há Econometria e/ou o professor fala mal de métodos quantitativos (e faz sucesso entre os colegas professores) só pode ser sinônimo de algo fortemente correlacionado com a alta probabilidade do aluno ficar como um peão na busca por um emprego.

Anúncios

Uma resposta em “A importância de se aprender Macroeconomia e Econometria

  1. Eu fico furioso quando leio alguém criticar previsões/econometria/métodos quantitativos. Sou da turma de economia que não trabalhou o devido com esse tema na graduação. Somente no mestrado tomei conhecimento de verdade e fiquei fã. Não dá: TODO curso de ECONOMIA de verdade entendo que deva exigir ECONOMETRIA mesmo. E quem não gostar, paciência.
    Abraço,
    João Melo, direto da selva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s