Uncategorized

Mais uma para o karaokê

Eu sei, eu sei. Tenho uma irresistível atração pelos sucessos japoneses dos anos 30, 40, 50 e 60.

Uncategorized

Casar aumenta a desigualdade de renda?

Eis um bom motivo (bom “entre aspas”, né?) para os eternos bolivarianos protestarem contra o “casamento”. A imbecilidade humana vale pouco porque é abundante. Não duvido que haja gente que leia o excelente texto do Caplan e entenda tudo errado. 

Normalmente isto rende uns comentários patéticos – em uma língua que não é nem o português, nem o cachorrês, mas algo entre o suinês e o bovinês – que eu sempre apago rindo. Afinal, não é só casar que enriquece: burrice alheia também.