Uncategorized

Homenagem ao presidente do Brasil

 

Fonte: https://i0.wp.com/www.ensayistas.org/filosofos/brasil/vianna/oliveira.jpg
Fonte: http://www.ensayistas.org/filosofos/brasil/vianna/oliveira.jpg

 Parabéns aos defensores das frases bombásticas do presidente. Ressuscitaram interpretações sociológicas dos anos 30. Ah sim, é um dos ícones dos não-liberais.

Uncategorized

Regulação de mercado

Hart e Zingales. Trecho:

Here, we can learn from a common market practice: margin accounts. In a margin account, an investor buys stock and puts down only part of the cost. When the stock price drops, the broker who extended a loan for the rest of the stock price asks the investor to post new collateral. The investor then has a choice: He can post the collateral, thereby re-establishing the safety of his position, or he can liquidate his holding, allowing the broker to be paid in full.   

Ahá!

Uncategorized

Mundinho acadêmico – again!

Então um picareta travestido de professor encontra um aluno e diz que vai lhe aplicar prova com consulta ao livro porque na vida real, todo mundo consulta um livro.

Faz o corte. 

Cena I – Médico em meio a operação no coração

– Maria, segura a anestesia aí que eu vou pegar o livro ali.

– Sim senhor.

– Ei! Quem foi o filho da pu** que rabiscou a página 28? Maria, costura o paciente!

Cena II – Engenheiro em plena construção de uma hidrelétrica

– Márcio, segura a viga aí que eu já volto. Esqueci como é que usa a calculadora. 

– Sim senhor!

– Ei, quem se lembra o número da página?

– Senhor, a viga tá pesando…

Cena III – Suposto (e auto-declarado) especialista em Finanças em um grande banco internacional

– Doutor, o preço tá bom. Compro ou vendo?

– Espera que vou consultar meu feeling

Feeling

– É. Sou muito original. Aguarde aí. 

– Tem certeza que este seu feeling não é só uma desculpa para anos de vadiagem?

– Não. Para isto existem os livros. Quem precisa de estudar quando se tem os livros?

– Então eu não preciso saber contar porque existe uma calculadora?

– Peraí que meu feeling…

– Doutor, já foi. Já compraram.