Uncategorized

Equação de Slutsky…na prática

Por cautela, já que os efeitos ainda não aparecem na renda, os brasileiros estão migrando das marcas mais caras para as mais baratas. Artigos de limpeza são os campeões na perda de consumidores que não estão mais dispostos a pagar por marcas premium. No geral, os produtos de custo baixo e intermediário já predominam na cesta de compras, como aponta estudo da empresa de pesquisas LatinPanel ao comparar o consumo residencial em 2008 com o de 2007.

Eis aí um bom exercício para os alunos de Ciências Econômicas. Com o livro-texto de Varian, pode-se pensar na notícia acima com a equação de Slutsky comum (cap.8) ou com dotações (cap.9, 10). Se você ler toda a notícia, poderá construir várias explicações teóricas do ponto de vista do consumidor, do gerente, do sujeito que compra os produtos para que o supermercado possa vendê-los, etc. 

Outra interessante parte desta notícia é a consideração da expectativa do preço como variável o que, claro, é fácil de analisar também. Basta um pouco de massa cinzenta.

Anúncios

Um comentário em “Equação de Slutsky…na prática

  1. Interessante mesmo…
    Também lembrei da Teoria da Renda Permanente, do Friedman. Me parece que a expectativa de renda futura caiu (considerando verdadeira a hipótese levantada pela reportagem de que a renda atual não sofreu alteração), e os consumidores ajustaram o consumo atual de acordo com a (nova) renda permanente, ajustada pelos fluxos futuros esperados mais baixos.
    tá certo ou “viajei”?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s