Uncategorized

Propaganda gratuita

Um dos melhores tradutores que conheço: Martin.

Uncategorized

Pluralismo econômico…na prática

A imagem está, originalmente, aqui.

O aspecto interessante deste quadrinho é o seguinte: se você é daqueles que defende o pluralismo em economia (geralmente não há uma definição clara do que seja “pluralismo”, mas sim um carregado uso político do termo), você tende a encontrar departamentos assim, como na figura.

Obviamente, o pluralismo nada tem a ver com o discurso pterodoxo, mas não vou desenvolver este ponto aqui. Já falei disto várias vezes antes. O humor do quadrinho acima, contudo, é impagável. Parece que vejo certos departamentos de economia brasileiros nesta figura…

Uncategorized

Chamada de artigos – SEBH

VI Seminário de Economia de Belo Horizonte (VI SEBH), a ser realizado no período de 16 a 18 de setembro de 2009, incluirá duas sessões especiais destinadas à apresentação e discussão de artigos sobre Avaliação Econômica de Políticas Públicas.

Pesquisadores interessados em contribuir para estas sessões do Seminário devem submeter à Comissão Organizadora versão completa do artigo a ser apresentado, até o dia 15 de maio, através do endereço eletrônico sebh@cepe.ecn.br.

Os autores dos artigos selecionados terão suas despesas de viagem e hospedagem em Belo Horizonte cobertas pelo SEBH.

Eis aí mais um SEBH. Divulgação gratuita. 

Uncategorized

Equação de Slutsky…na prática

Por cautela, já que os efeitos ainda não aparecem na renda, os brasileiros estão migrando das marcas mais caras para as mais baratas. Artigos de limpeza são os campeões na perda de consumidores que não estão mais dispostos a pagar por marcas premium. No geral, os produtos de custo baixo e intermediário já predominam na cesta de compras, como aponta estudo da empresa de pesquisas LatinPanel ao comparar o consumo residencial em 2008 com o de 2007.

Eis aí um bom exercício para os alunos de Ciências Econômicas. Com o livro-texto de Varian, pode-se pensar na notícia acima com a equação de Slutsky comum (cap.8) ou com dotações (cap.9, 10). Se você ler toda a notícia, poderá construir várias explicações teóricas do ponto de vista do consumidor, do gerente, do sujeito que compra os produtos para que o supermercado possa vendê-los, etc. 

Outra interessante parte desta notícia é a consideração da expectativa do preço como variável o que, claro, é fácil de analisar também. Basta um pouco de massa cinzenta.