Uncategorized

O velho problema, revisitado

Recente matéria no Jornal da Globo aqui e aqui retoma um antigo problema no qual fui pioneiro. Em breve, volto ao tema com uma revisão da literatura cientificamente correta (ou seja, diferente desta picaretagem que existe por aí de fingir que não existe gente escrevendo sobre o assunto antes do seu artigo…). 

O jornal tocou na ferida mas, de onde veio o problema existe muito mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s