Uncategorized

Crise mundial…a novela

Mais dicas de leitura para você:

É a crise, é a crise…

Anúncios
Uncategorized

Peter Leeson sobre o governo

Peter Leeson leu, dentre outros, Richard Posner e Avner Greif,  e seu texto sobre a necessidade (ou não) da intervenção governamental na economia merece reflexão

Alguns artigos interessantes de Avner Greif estão aqui. Se você realmente quer entender como mercados evoluem, historicamente, não pode ficar apenas lendo o mesmo autor por trinta anos. Há quem só leia Karl Marx ou Adam Smith e pensa que entende mais da história econômica do que Avner Greif. Ledo engano. E olha que Greif é só um dos autores relevantes nesta longa tradição acadêmica…

Uncategorized

Sobre Keynes

Primeiro, o Google Chrome não abre o link por algum motivo maluco. Se você gosta da discussão sobre o que Keynes realmente queria (-poderia-pensou-refletiu-mas-não-escreveu) dizer, talvez seja um bom texto. Principalmente sobre a crise atual. 

Mas é como discutir o que Karl Marx ou David Ricardo queria dizer sobre a crise de hoje. Essencialmente, não queriam dizer nada pois nem sabiam de crise no século XXI. 

Os formuladores de política econômica atual podem até se dizer keynesianos ou qualquer outra coisa mas entre o que dizem e o que fazem vai uma grande diferença (ponto com o qual concordo em relação ao artigo citado). Contudo, se o que eles falam é menos importante, só podemos propor uma alternativa se observarmos os fundamentos do que realmente fazem. Não há como escapar: você tem que entender é de ciclos reais, expectativas racionais, etc.

p.s. na mesma linha de discussão sobre o que disse fulano ou beltrano, veja este. Para uma visão mais prospectiva sobre a crise atual, ver Acemoglu.

Uncategorized

Uma senhora toma chá…

Ganhei ontem, da minha senhora, o “Uma senhora toma chá…  – como a estatística revolucionou a ciência no século XX” de David Salsburg. Comecei a ler apenas mas já dá para dizer que é um baita livro. Quem já conhece um pouco de Estatística e/ou Econometria (e afins: Cliometria, Antropometria, Biometria, Psicometria, Sociometria, etc) vai gostar.

Quem conhece pouco, pode ficar com a impressão de que Estatística é bacana, mas se limita a algumas contribuições de alguns grandes nomes. Creio que a boa leitura do livro desfaz esta errônea impressão rapidamente. Aliás, o prefácio em português – do próprio Salsburg – destaca alguns estatísticos brasileiros (como Pedro Morettin, conhecido dos estudantes sérios de finanças aplicadas) e mostra que a ciência, de modo geral, ganhou muito com a incorporação de métodos estatísticos. 

Sempre fui a favor do pluralismo. Mas, ao contrário da picaretolândia, não devemos apenas fazer pluralismo com os departamentos chefiados por “gente que tem a mesma ideologia que a gente”. Por isso, viva a Biologia, a Estatística, a Computação, a Matemática e todas as outras áreas que nos ajudam a avançar o debate científico.

p.s. Sabia que Carl Pearson trocou seu nome para Karl Pearson por conta de sua admiração por Karl Marx? Eis uma dica bacana para você decidir se compra ou não o livro. ^_^