Uncategorized

Reflexos culturais da economia

Na recessão dos anos 80, “Love Machine”, do grupo Morning Musume foi uma mensagem de otimismo. No ano da crise, “Hi wa Mata Noboru” (algo como: “o sol ainda nasce”, “o sol nasce amanhã”, etc) dos grupos Aladin e Pabo tem o mesmo significado: levantar o astral da população diante da crise.

Acho interessante esta reflexão cultural dos fenômenos econômicos. Mas…como sou analfabeto em música brasileira, pergunto: há algo similar aqui?

Anúncios
Uncategorized

Nova base de dados para se prevenir contra quebras de bancos

Distress in European Banks: An Analysis Based on a New Dataset

Author/Editor: Poghosyan, Tigran | Cihák, Martin

Summary: The global financial crisis has highlighted the importance of early identification of weak banks: when problems are identified late, solutions are much more costly. Until recently, Europe has seen only a small number of outright bank failures, which made the estimation of early warning models for bank supervision very difficult. This paper presents a unique database of individual bank distress across the European Union from mid-1990s to 2008. Using this data set, we analyze the causes of banking distress in Europe. We identify a set of indicators and thresholds that can help to distinguish sound banks from those vulnerable to financial distress.

Uncategorized

Artigo novo lá na Public Choice: o viés das previsões oficiais

The political economy of IMF forecasts
Axel Dreher · Silvia Marchesi · James Raymond Vreeland

Abstract We investigate the political economy of IMF forecasts with data for 157 countries (1999–2005). Generally, we find evidence of forecast bias in growth and inflation. Specifically, we find that countries voting with the United States in the UN General Assembly receive lower inflation forecasts as domestic elections approach. Countries with large loans outstanding from the IMF also receive lower inflation forecasts, suggesting that the IMF engages in “defensive forecasting.” Finally, countries with fixed exchange rate regimes receive lower inflation forecasts, suggesting the IMF desires to preserve stability as inflation can have detrimental effects under such an exchange rate regime.

Se você for ao Google, talvez ache versões anteriores do artigo.

Agora, por que parar no FMI? Não será que outros órgãos públicos tendem a puxar sardinha para seus pagadores, os governos? Comentários?

Uncategorized

Análise do NEPOM

A análise do NEPOM sobre o que o Copom fará hoje está no ar… aqui. Embora em férias, Renato (sim, o mesmo da Outra Face) trabalhou muito nisto. Pedro Econometricum está tentando “ser gente” em um curso de férias no IMPA e não pôde ajudar muito. Mesmo assim, deu um empurrão no final. O resto do pessoal, bem, estão em merecidas férias.

Quando voltarem, creio, estaremos com o time completo e com possibilidades maiores de análise. Planejo alguns grupos de trabalho com temas específicos que têm surgido dos comentários no blog e em mensagens de amigos e colegas da área.

Você gostou do trabalho do pessoal do Nepom? Comentários abertos.