Uncategorized

Rogoff, sobre a Obanomics

Rogoff tem uma visão bem menos fantasiosa sobre o pacote de Obama do que seus entusiastas no Brasil. Vale a leitura da entrevista. Dois excelentes trechos:

Como o sr. viu o pacote de socorro para a indústria automobilística?

Isto realmente é política. Sou simpático à idéia de que, quando o governo assina cheques a torto e a direito para o sistema financeiro, é difícil dizer não para as montadoras. Mas o dinheiro é basicamente um presente para os acionistas das montadoras, e não acho que vá salvar muitos empregos. As empresas deveriam ter sido levadas à concordata. É um completo desperdício de dinheiro. Não acho que os Estados Unidos estarão fabricando carros daqui a 15 anos, da mesma forma como já não fazemos televisões. É uma indústria moribunda.

Os recursos do impulso fiscal poderão ser mal empregados?

Isso vai acontecer. O governo Obama tem de arrumar uma maneira de mitigar esse problema, mas isso é um trabalho difícil quando se gasta dinheiro nestas proporções. Uma parte grande do dinheiro vai para os governos estaduais e municipais, e nós já estamos vendo em Chicago o que pode acontecer, com episódios como o do (Rod) Blagojevich (governador de Illinois, acusado na Justiça de tentar vender uma vaga de senador): ele deve estar tão aborrecido em deixar o seu cargo logo agora que ia receber dinheiro como nunca.

Vá lá e termine a leitura. Vale, como disse, a pena.