Uncategorized

Se ele estivesse vivo…

Há muitos anos, o gênio de COURNOT (…) previu a vantagem de ser organizada uma estatística comercial dos principais produtos, destacando as mercadorias em duas categorias, de acôrdo com o que hoje se denominaria de elasticidade e inelasticidade da procura. (…)

Entretanto, melhor será não insistir nessa ordem de idéias. Para que descer a minúcias de caráter eletrônico num país em que se compraz no aumento dos preços de vinte a trinta por cento por ano? Fica, entretanto, o lembrete de COURNOT para o futuro. [Octavio G. de Bulhões – Economia e Política Econômica, 1960, p.31]

Bulhões deve estar louco em seu túmulo…