Não à repressão

Enquanto os brasileiros aplaudem o populismo bolivariano, pessoas que já experimentaram a liberdade (e gostaram) protestam contra o bolivarianismo chinês que, agora, conta com alguns discretos apoiadores em Taiwan. Ainda existem movimentos estudantis sérios no mundo, por incrível que pareça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s