Uncategorized

A resposta do mercado

Joel Pinheiro nota uma certa homogeneidade na crítica ao ensino superior desde a “direita” à “esquerda”. Na minha opinião, a existência do IFE e da Dicta & Contradicta não seria uma evidência de que a solução está na organização espontânea dos críticos em torno de uma proposta que, ao invés de proibir a existência do alheio, cria-lhe uma opção?

Se estou correto, então Joel pode refletir sobre se a homogeneidade suposta se mantém sobre este meu argumento. Afinal, se “direita” é “liberal” (não sei se ele pensou nestes termos), nunca um liberal pediria por uma regulamentação do ensino superior. Já o “esquerdinha”…

2 comentários em “A resposta do mercado

  1. É, eu pensei mais na direita dos valores conservadores, que não é, necessariamente, liberal em economia, embora costume sê-lo hoje em dia.

    Mas não tenho dúvidas em concordar: a resposta não passa por mais regulamentação, e sim pela criação livre de coisas melhores.

    Valeu pelo apoio, Cláudio!

  2. Joel,

    revista boa a gente apóia. Minha esposa, que não entende, a priori, nada de Economia ou Filosofia, está adorando a revista. Isto significa que vocês provavelmente alcançaram seu objetivo de divulgar qualidade sem perder tanto na …qualidade. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s