Uncategorized

Debates e Pluralismo…com boa educação, estas coisas funcionam

Pedro Sette e Ronald publicam, hoje, textos similares no espírito. Qual espírito? O do bom debate. Ocorre que pluralismo, em ciência (ou em debates religiosos com e sem liberais), envolve algo que já foi analisado de forma pioneira por Mises e Hayek e ainda hoje é alvo de estudos em Economia: o mercado das idéias.

No fundo, creio, há uma questão moral, normativa mesmo, que vai além do bom debate. O sujeito tem que aceitar correr o risco de se admitir errado neste ou naquele ponto da discussão. Isto implica que as barreiras à entrada devem ser as menores possíveis o que nem sempre é compatível com o ego deste ou daquele sujeito.

Claro que eu acredito que o bom debate e a mudança de paradigmas são coisas que deveriam ser mais bem aceitas por todos mas, justamente nesta hora é que o sujeito treme. De qualquer forma, os dois pequenos textos são recomendáveis. Nem tanto por alguma solução para este problema “de egos”, mas pelo conforto que trazem: mostram-nos que há esperança no debate.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s