Uncategorized

A morte

Comecei a ler este interessantíssimo texto do Dicta & Contradicta. Não terminei ainda, mas vou te dizer, leitor, não me arrependo de ter comprado este primeiro número. Não existe nada similar no Brasil em termos de qualidade e de prazer no ato da leitura. Nada daquela choradeira ideológica que mistura fotos de Sebastião Salgado no Nordeste com discurso religioso e suposta fundamentação científica. Não, não, nada disso.

Dicta & Contradicta vai além do atacadão e do varejão ideológicos.

3 comentários em “A morte

  1. Prezado professor,

    Sou leitor assíduo do seu blog e o mesmo tem contribuído em muito para a minha formação crítica a respeito das transformações econômicas, sociais e políticas tratadas por artigos e comentários postados por ti e pelos seus colaboradores e concordo com a maioria delas. Apesar disso, não posso deixar de expressar a minha opinião quando não concordo com algo: aí vai…

    Fui à exposição (êxodos) do premiado fotografo Sebastião Salgado e pude apreciar a forma brilhante com que o mesmo retrata a situação vivida ou vivenciado pelos povos ao redor do mundo nos 5 continentes. Tampouco isso me deixou menos satisfeito com o capitalismo ou a livre concorrência, muito menos com a idéia da menor participação do governo na economia.

    Também pude ler o artigo o revista Dicta & Contradicta (só o disponível na internet) e vi que a mesma veio pra ficar. Ou seja, uma coisa é comparar o que realmente não presta com um algo que tem relevância (a revista), outra coisa e por o fotografo Sebastião Salgado no chão. Acho que vc foi infeliz na comparação.

  2. Da Wiki:

    “Espero que a pessoa que entre nas minhas exposições não seja a mesma ao sair” diz Sebastião Salgado. “Acredito que uma pessoa comum pode ajudar muito, não apenas doando bens materiais, mas participando, sendo parte das trocas de idéias, estando realmente preocupada sobre o que está acontecendo no mundo”.

    Hmm… Como diria Sowell, eis um anointed (repare que nós somos, nas suas palavras pessoas comuns que precisamos ser tocadas pela sua luz). Então somente SS vê a pobreza? Somente seu coração está aberto às agruras da vida miserável? Ele é o guia espiritual de todos nós? Lamento, mas SS, Bono Vox, essa patota toda para mim é aquilo que o Shikida disse: choradeira ideológica. Não troco um Bill Gates ou um Steve Jobs por milhões de Sebastiões e Bonos.

  3. E aí, Shikida.

    Estive no lançamento da D&C na Livraria Cultura de SP à convite do Joel (tavista.blogspot.com), um dos caras que faz parte da iniciativa. Espero conseguir ler algumas coisas também. Valeu a pena ter ido lá e comprado a revista só pelo vinho argentino, hehe.

    Pelo menos via blogs a gente faz mais conhecidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s