Uncategorized

Comentários estranhos

Veja como é a vida, leitor. Você explica o que é um grupo de interesse, um problema de custo social que envolve gays e alguns desinformados mal-educados aparecem aqui. Veja este: 

Autor : Fulano(a) enfezadinho
MAS QUE ABSURSO, PORQUE,SOMENTE OS GAYS SÃO DESINFORMADOS?? SE EXISTEM TANTOS OUTROS TIPOS DE MANIFESTAÇÃO NA AVENIDA PAULISTA? ACHO QUE O DESINFORMADO É VOCÊ . TALVEZ SEJA UMA NOVA FORMA DE HOMOFOBIA…MAS EU NÃO SEI COMO AINDA PUBLICAM TAL IDIOTICE .

É engraçado não? Usar um exemplo que envolve gays em uma aula de economia transforma o sujeito num homofóbico. Claro que a maneira de entender o texto passa por xingar o autor e não pela leitura dos conceitos econômicos básicos. Note, leitor, no texto original, como trato os gays como exemplo para uma aula simples de bens públicos. Já o fulaninho mal educado nem sequer entendeu o texto e já saiu por aí acusando os outros de homofobia. Pelo texto é fácil ver a dificuldade do fulano(a) em lidar com críticas e mesmo em entender o que é um blog. Com o tempo, possivelmente, aprenderá.

Eis outra aula de economia para vocês, leitores deste blog. Um blog não é um bem público. Tem dono. O dono pode ser homofóbico ou não. Pode gostar de cães ou não. Pode divulgar sua tese criacionista ou não. E as pessoas podem vir, ler e comentar. Mas a falta de educação será punida com a não-publicação do comentário. Isto aqui não é mural para pessoas que não sabem sequer por onde passa o ponto central da discussão. O fulano(a) acima é só um exemplo do nível dos leitores que este blog dispensa com a maior alegria. Junto com os leitores normais deste blog, eu digo: “Vá cuspir seu ódio contra as diferenças em outro lugar, fulano(a)”!

p.s. ah sim, recebi um comentário interessante outro dia, sobre uma sugestão de monografia minha, mas o colega trabalha para uma empresa que vende o seguinte serviço: monografias. Ou seja, é possível que muito aluno compre monografias do colega para apresentar como sua na faculdade. Infelizmente, neste caso, não posso publicar o comentário. Não é questão de falta de educação, mas não faço propaganda gratuita deste tipo.

Anúncios
Uncategorized

WordPress instável

Ou melhor, a rede aqui, hoje, está estranhíssima. Se uso o IE 7.0, nem entro na rede. Se uso o Firefox, entro em quase tudo, menos no WordPress (não sei se tem relação com a tal decisão judicial secreta que a blogosfera vem citando nos últimos dia). De qualquer forma, estou aqui. Consegui entrar.

Rapidamente: as notícias hoje continuam estranhíssimas. Juízes podem ignorar a lógica tecnológica e atrapalhar a infra-estrutura da internet brasileira (em sua versão WordPress). Mas uma coisa eles não conseguem impedir: as loucuras dos políticos.

Caso seu comentário demore a ser analisado, não se preocupe: é isto mesmo.