Uncategorized

FGV: Mães ganharão muitos presentes baratinhos (ou FGV: Filhos desanimadões gastarão no Dia das Mães)

Noticiário:

FGV: cresce intenção de gastos para o Dia das Mães

FGV: temor de inflação derruba confiança do consumidor
Conclusão…

Anúncios
Uncategorized

Tragédia dos Comuns e os Comuns Sem-Cartão

Eis aqui um exemplo de problema sobre a indefinição dos direitos de propriedade: prefeitos e seus aliados se matam por royalties do petróleo. Ah, e aqui um exemplo da falta que me faz um cartão como estes dos membros da administração da Silva.

Em resumo, a falta de direitos de propriedade claramente definidos gera problemas. Sempre.

Uncategorized

Bancos Centrais

Esta foi a resposta do Ronald à minha pergunta, ontem, sobre qual seria a responsabilidade dos bancos centrais no aumento dos preços. Trecho:

Sobre a atuação de Bancos Centrais em crises financeiras, vale a pena lembrar que o papel fundamental dos BC’s como emprestador de última instância pode induzir (na prática, realmente induz) maior risco na atividade bancária, seja pela doutrina “banco grande demais para quebrar”, seja pela nova doutrina do Bernanke rotulada de “banco muito inter-conectado para quebrar”. Mas o fato é que sistemas financeiros têm uma propensão interna à crises – o motivo é o descasamento de maturidades de ativos e passivos de bancos – , que podem transbordar para a economia real, no caso de falências bancárias e desintermediação financeira. Assim sendo, a atuação dos Bancos Centrais se faz necessária.

O problema todo é ter que conviver com os dilemas de política: estabilidade de preços vs. estabilidade do produto e estabilidade financeira vs. maior risco. O problema é maior ainda pois Bancos Centrais têm apenas um instrumento, a política monetária, para lidar com esses dois dilemas.

Nada a acrescentar, exceto que o Ronald talvez não seja tão liberal assim. ^_^