Uncategorized

Aula de economia para economistas e leigos

Excelente texto. Cito um longo trecho:

Um dos grandes desafios para um economista é explicar o que ele faz da vida. As pessoas entendem que uma das coisas que um professor de economia faz é ensinar economia. Mas o que seria isso, exatamente? A maioria presume que seja algo que tenha a ver com investimentos e administração financeira. Certa vez, conversando dentro de um avião, disse a uma senhora que eu era economista. Ela respondeu, ‘que vergonha, meu marido ama o mercado de ações’. Hmm… Eu não contei para ela que, com a exceção das vantagens dos fundos mútuos e indexados de investimento, não sei nada sobre o mercado de ação.

Minha companheira de viagem poderia ter se beneficiado da leitura de Alfred Marshall, que chamou a economia de “o estudo da humanidade na condução de seus negócios cotidianos”. Essa foi a tarefa de Marshall, de Adam Smith, de Friedrich Hayek e Milton Friedman: eles tentaram entender o que as pessoas faziam e as implicações de seu comportamento para a sociedade como um todo.

Porém, minha definição de economia favorita é uma variante da de Marshall. Ela vem de um estudante que a ouviu de outro professor: a economia é o estudo de como se extrair o máximo da vida. Eu gosto dessa definição porque ela chega ao verdadeiro coração da economia – as escolhas feitas por nós, dado que não podemos ter tudo o que queremos. A economia é o estudo dos desejos infinitos e dos meios finitos, o estudo das escolhas limitadas.

Excelente, excelente. Se alguém não sabia o que era economia…agora não tem jeito.

Anúncios

2 comentários em “Aula de economia para economistas e leigos

  1. meu professor de economia é muito bom, mas a sala tem dificuldades, como podemos melhorar o desempenho, ñ entendemos nem alhos muito menos os bugalhos

  2. Caro sala811,

    pode ajudar muito se as cadeiras e mesas estiverem limpas. Também é bom manter as paredes limpas pois, caro(a) sala811, muitos alunos cometem a impropriedade de dormirem pesadamente sobre as mesas (alguns podem, acredite, babar…).

    o(a) (ou ambos) sala811 pode também verificar o funcionamento do ar condicionado. Salas como a (o) (ou ambos) sala811 podem ter problemas na distribuição do ar.

    A (o) (ou ambos) sala811 deve também se resolver: há apenas um professor que abre sua porta, sala811, entra e fica lá em todos os horários, cinco dias na semana? Afinal, o (a ou ambos) sala811 deve sempre abrir sua porta para muitos professores (e alunos), não sala811?

    Talvez a (o) (ou ambos) sala811 deva pedir aos alunos que a frequentem que pensem mais e se dediquem mais à matéria que cada professor que passa pela sua porta e permanece em seu interior (da (o) (ou ambos) sala811) leciona.

    Sabe, sala811 (agora, assim, neutro, sem gênero), talvez seja bom que você pense: será que, no final das contas, todos os alunos que entram por sua porta e se sentam em suas carteiras são iguais? Exceto por casos raros na medicina, não existem pessoas idênticas em termos de dificuldade.

    Foi um prazer responder sua indagação, sala811.

    Abraços.

    From Aula de economia para economistas e leig

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s