Uncategorized

FARC e tudo o mais

O comandante policial da Colômbia disse na segunda-feira que documentos encontrados no acampamento onde um líder das Farc foi morto num ataque mostraram evidências de que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deu 300 milhões de dólares aos guerrilheiros.

O general Oscar Naranjo afirmou mais cedo nesta segunda-feira que computadores achados no acampamento de Raúl Reyes revelaram documentos que mostram ligações entre o líder rebelde e um representante do governo equatoriano.

O Equador alega que as acusações são falsas.

O engraçado desta história toda é que, até a descoberta dos computadores do terrorista morto, o discurso do governo venezuelano era recheado de elogios às FARC. Discretos ou não, havia aquele clima de camaradagem no ar. Claro, também havia a truculência em relação à Colômbia.

Há que se averiguar se o (felizmente) morto terrorista não estava de sacanagem e pregou a maior peça do século mas, cá para nós…

Um comentário em “FARC e tudo o mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s