bem-estar · economia · IDH

IDH, IDH…

Eu me lembro, quando do meu doutorado no PPGE-UFRGS, que havia um grupinho de militantes do partido do sr. da Silva que era bem ranzinza. Tão ranzinza que seus membros diziam que o IDH não era um índice bom, que era coisa neoliberal, isto e aquilo. Não era nem questão de o Brasil melhorar ou piorar no ranking. O ranking, em si, era uma coisa do demo, do mal, enfim, de neoliberais. Incrível é como estes mesmos sujeitos estão, hoje, bem caladinhos, senão festivos.

Mas, há o que comemorar?

Leia Daniel Piza e Adolfo Sachsida para pensar no assunto.

Anúncios

Um comentário em “IDH, IDH…

  1. Pelo menos a inserção do Brasil no grupo dos países com IDH elevado vai servir para desmistificar o tal índice para muita gente.

    Só não sou tão otimista quanto a ‘crítica’ irresponsável e maliciosa que meramente compara dados entre governos sem tentar identificar quais iniciativas resultaram nos efeitos observados, como se o governo pudesse administrar a realidade social ao seu bel prazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s